Alongar antes de correr não evita lesões e ainda pode prejudicar o desempenho

A maioria das lesões dos corredores ocorrem por esforço repetitivo, como tendinites e fraturas por estresse, que não são atenuadas pela melhora da flexibilidade, aponta novo estudo

 

O alongamento continua sendo um tema polêmico. O que incontestavelmente deve ser aceito é que quem precisa melhorar flexibilidade sem dúvida deve fazer sistematicamente exercícios de alongamento. Para algumas modalidades esportivas não existe dúvida da enorme importância de uma boa flexibilidade. Afinal, alguém pode imaginar um ginasta que não seja muito flexível?

Entretanto, para algumas modalidades a importância do alongamento ainda continua sendo questionada. Este é o caso dos corredores de longas distâncias. Para o corredor, a prática do alongamento, tanto para prevenção de lesões como para melhora de performance, ainda é muito controversa.

Alongamento pode prejudicar a performance de atletas que correm longas distâncias (Foto: IStock Getty Images)
Alongamento pode prejudicar a performance de atletas que correm longas distâncias (Foto: IStock Getty Images)

Uma revisão da literatura científica sobre alongamento para corredores foi publicada recentemente na revista Research in Sports Medicine. A conclusão dos autores quando analisaram inúmeros artigos científicos publicados sobre o assunto pode ser considerada polêmica:

  • O alongamento agudo, ou seja, aquele que é realizado imediatamente antes da prática da corrida não previne lesões e pode comprometer a performance.

A primeira conclusão é baseada no fato de que a grande maioria das lesões dos corredores ocorrem por esforço repetitivo, como tendinites e fraturas por estresse, que não são atenuadas pela melhora da flexibilidade.

Melhora da flexibilidade não garante menos lesões, diz estudo (Foto: Getty Images)
Melhora da flexibilidade não garante menos lesões, diz estudo (Foto: Getty Images)

Se o alongamento piora a economia de corrida, sem dúvida, vai prejudicar a performance. Este continua sendo um tema polêmico, mas quando se questiona o alongamento é cada vez mais importante considerar a questão da modalidade praticada.

Por:  Gerseli Angeli e Turibio Barros (Mestre e Doutor em Fisiologia do Exercício pela EPM. Membro do conselho científico da Midway Labs, professor e coordenador do Curso de Especialização em Medicina Esportiva da Unifesp e fisiologista do São Paulo FC e coordenador do Departamento de Fisiologia do E.C. Pinheiros. Membro do American College of Sports Medicine. www.drturibio.com)

Fonte: https://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/alongar-antes-de-correr-nao-evita-lesoes-e-ainda-pode-prejudicar-o-desempenho.ghtml


Facebooktwittergoogle_plusredditpinteresttumblrby feather

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *